segunda-feira, 6 de outubro de 2008

ainda dele...

ele não é de fazer grandes e descomunais birras ....fá-las como criança que é mas quase sempre o conseguimos controlar com um abraço e um gosto muito de ti-outras alturas há em que perco a calma e leva uma senhora palmada ou um grito(e nestas alturas sinto-me muito mal)


há uns dias no banho começou uma birra gigante ....chorou mais de 20 minutos seguidinhos -ás tantas nem ele proprio sabia porque havia começado aquela birra-e tentei de diversas formas acalmar a fera que havia nele sem o conseguir -fiz de mim valium gigante e mantive a calma - deixei-o chorar e saí do quarto -ele continuava nu e a chorar -por fim e depois de tentar 125852155 coisas disse-lhe que ia descer, pois o joao precisava de mim e ele ficava ali -pediu para ir comigo-abraçou-me e eu disse que gostava muito dele-deixou vesti-lo chegou ao sofá e adormeceu tal era o cansaço-só sei que consegui controlar-me e isto deixou-me de bem comigo-gostava de ser mais vezes calma e racional

7 comentários:

Simão disse...

Sei bem o que isso é...foste muito forte!!
Aqui por casa, por vezes tb há birras que (acho) nem ele sabe porquê, mas enfim...

beijocas

Maria disse...

ás vezes parece que choram por nada.. mas o essencial, é talvez tentar perceber o porque:)
um bjnho.

telma disse...

Oi miga, o Tiago td os dias faz birras por tudo. Ker fazer td sozinho e ás x c a pressa de sair de manha, n deixo. Mas consigo manter essa calma, ele tira-me do serio. jokas Telma

Carina M disse...

Por vezes nós é que deitamos tudo a perder, poruqe eles sabem como nos levar.
Bjs

Nathália Martins disse...

Que bom que conseguiste manter a calma! Parabéns.
Beijos.

Ana Sofia disse...

às vezes realmente é muito dificíl manter a calma, ás vezes em situações minimas vamos aos arames e em situações que deveriamos ir aos arames mantemos calma. Eu também sou muito assim e ainda bem porque assim as situações da vida estão sempre controladas. lol

Patricia disse...

acredito que sim... com uma birra dessas deve ter sido bastante difícil conseguires controlar-te, mas são essas pequenas vitórias que nos dão alento para a próxima birra. não é?